A solução: infiltração, inteligência, disciplina, treinamento e organização

Começo otimista esta semana, após término de um evento em que precisei contratar seguranças para escoltar 60 executivos da República Dominicana, Chile, Argentina, Alemanha e de outros países a trabalho por aqui. Conversando com quem convidei para ser o reponsável pela segurança, um militar do exército, falávamos sobre a estratégia de infiltração de agentes para o sucesso da operação do governo colombiano na libertação de Ingrid Betancourt, sequestrada pelas FARC em 2002. Muita gente está achando inverossímil um embarque pacífico e sem tensão dos reféns em um avião. Ele acha bastante viável quando há infiltração, inteligência, disciplina e treinamento. Não só as FARC têm organização. Este fato me dá ânimo para acreditar que podemos fazer o mesmo para combater o crime organizado por aqui. Estarei na quinta e sexta em Belo Horizonte. A capital que tem melhor índice de qualidade de vida da América do Sul não pode ter 49,2 homicídios por 100 mil habitantes enquanto o Rio de Janeiro tem 37,7. E eu não quero ter que precisar de seguranças quando empresas escolhem o Brasil como sede para seus eventos. Eles não contratam quando nos levam para eventos nos países deles...Até amanhã. Obrigada aos que me mandaram emails perguntando por onde eu andava.

  • A Árvore de Natal da Bradesco Seguros, a maior árvore de Natal flutuante do mundo, passa a ser notícia no mundo.
  • Mensuração de resultados em Marketing: Esplendores do Vaticano, O Mágico de Oz, Tudo por Um Por Star, Kirov, O Rei Leão, Débora Colker, Barbaridade e vários outros.
  • Cristo redentor é eleito uma maravilha do mundo moderno com 800 mil votos, o terceiro mais votado.
  • Seis livros escritos para clientes.
  • Mais de 130 juízes eleitorais treinados.