Você tem milhas vencendo? Aproveite a promoção até 30 de junho e vá a Pirenópolis

pirenopolis01

pirenopolis02

pirenopolis03

pirenopolis04

A vida está realmente muito corrida. Assisti ao Musical “Tom & Vinicius”, ao filme “Ninho Vazio”, fui às aulas do mestrado, trabalhei muito e acabou a semana.... Passei o final de semana em Pirenópolis, a 117 km de Brasília, gastando a promoção de apenas 2 mil milhas da GOL/ VARIG, que acabo de saber ter sido prorrogada até 30 de junho. Esta foi a sexta vez em que estive em Goiás, “verificando” como andam 90% da segunda maior formação vegetal brasileira, superada apenas pela Floresta Amazônica. Não conto aí as coberturas da Posse do Collor, da CPI do Orçamento, etc, porque fiquei baseada no Distrito Federal por até 30 dias seguidos. Fui em busca de um banho de cachoeira gostoso e como o tempo era curto, os donos da Pousada Taman Baru (www.tamambaru.com.br), onde nos hospedamos e onde recomendo a quem quiser o que há de melhor na região. Pirenópolis foi fundada no século XVIII por bandeirantes, aos pés da Serra dos Pirineus. Tombada como Patrimônio Cultural Brasileiro, a cidade, cercada por montanhas e cachoeiras, possui inúmeras construções antigas. Depois faço upload de uma foto de cachoeira porque são 1h30 da manhã e está dando tilte aqui.

Para quem tinha tempo para conhecer apenas uma ou duas cachoeiras, nos recomendaram a Reserva Ecológica Vargem Grande, com 360 hectares de cerrado aberto aos sábados, domingos e feriados, das 9 às 17h. É uma RPPN desde 1996, ou seja, uma Reserva Particular do Patrimônio Natural, uma área privada, gravada com perpetuidade, com o objetivo de conservar a diversidade biológica no Brasil. A criação de uma RPPN é um ato voluntário do proprietário de uma área, que decide transformar toda ou parte desta em uma RPPN, sem que isso ocasione a perda do direito de propriedade. Este tipo de reserva tem o objetivo de promover a educacão ambiental portanto atrás do ingresso há normas como: “qualquer lixo, por menor que seja, deve ser colocado na sacolinha, nada traga para as trilhas e cachoeiras, sabonetes e bronzeadores poluem a água, animais domésticos degradam o ambiente, etc”.

Além das cachoeiras de Santa Maria e do Lázaro, pode-se apreciar 360 graus do patrimônio natural de cerrado nativo: campos, veredas, vegetação rupestre e matas ciliares em três horas de caminhada leve entre ida e volta do passeio. O acesso à reserva é pela Estrada dos Pireneus a 11 km da cidade. Há apenas 7 km de estrada de chão, portanto, rapidinho.... O Parque Estadual Serra dos Pireneus, com 2833 hectares, está localizado nos municípios de Pirenópolis, Corumbá e Cocalzinho de Goiás, abrangendo a área dos Picos dos Pireneus, suas serras e encostas. Com 2.833 ha, o parque abriga uma beleza cênica singular. Junto a ele foi criada a Área de Proteção Ambiental (APA) dos Pireneus, que visa assegurar a proteção do entorno, o que é muito bom pois não basta só preservar a vegetação em extinção. Há que se fazer um trabalho com os arredores. Só assim, como todos estes mecanismos legais (RPPN, Parque, APA, etc) é que o ser humano respeita a natureza. Em Bonito, Mato Grosso do Sul, onde já estive três vezes, as fazendas particulares também são abertas à visitação. Fico muito feliz em ver que estes paredões de oxigênio ainda existem e estão cada vez mais acessíveis, mas ainda há muito o que melhorar pois lá apenas 1% estão nestes padrões comparados aos 10% em nível mundial.

Segundo dados do site da WWF (World Wild Life Foundation), para quem acabamos de fazer um trabalho voluntário pela Hora do Planeta, estudos recentes indicam que apenas cerca de 20% do Cerrado ainda possuem a vegetação nativa em estado relativamente intacto. O cerrado é um bioma extremamente rico em fauna, flora, além de apresentar potencial hídrico, muitas espécies de animais e plantas ainda não são conhecidas ou não foram catalogadas com grandes propriedades medicinais. A Cachoeira Santa Maria, por exemplo, fica a 500 metros de caminhada, com acesso plano e calçado, ou seja, qualquer pessoa da terceira idade ou com dificuldade de caminhar pode ter acesso a belezas naturais que só jovens de bom preparo físico têm em outros lugares.

Mas um final de semana em Pirenópolis reserva outros grandes prazeres além de uma bela injeção de natureza e conforto numa pousada com pães e bolos deliciosos feitos no local, tapioca, piscina com hidromassagem e outras delícias. O Bacalhau da Bibba (www.pirenopolis.com.br/bacalhaudabiba; (62) 3331 2103), um restaurante dentro de um antiquário, no centro histórico, é um deles. A posta é de qualidade, o vinho verde saboreado num copo de cristal tcheco dá um sabor especial ao que os olhos apreciam em mesas, peças, quadros, etc. Se só der tempo de ir a um restaurante, a Bibba é “a cara”. À noite, uma dica é o Empório Santa Dica, na Rua Bonfim 117. Tem pizza de shitake no forno à lenha (entre outras), fogueira e diversos ambientes com variações do churrasquinho a caldos quentes ao ar livre para se ouvir a melhor voz e violão do jazz, blues, bossa nova e pop rock. A decoração vai de câmaras fotográficas antigas a propagandas de todos os tempos. O Empório do Cerrado, também na rua do Bacalhau da Bibba, que se chama Rua do Rosário ou Rua dolazer, para os mais íntimos, serve uma caipirinha de limão conhecida na cidade: mergulha um picolé de limão no tradicional drinque brasileiro. Fica uma delícia. Vou experimentar aqui em casa. Neste centrinho histórico também pode-se degustar pastel de carne e de queijo com pequi, uma árvore do cerrado, cujo fruto é muito utilizado na cozinha goiana. O sabor e o aroma são peculiares e não se pode sair deste estado sem experimentar o pequi. Quem atende lá é o Julio, um poeta gracinha, nativo. O telefone dele é (62) 9134 2013.

Voltando às hospedagens, não cheguei a conhecer porque realmente não houve tempo, mas uma boa pedida é pesquisar fazendas. Peguei uns telefones para a próxima vez: (61) 3349 3648/ 3414 246/ 3389 4961/9915 2210/ (62) 9626 1684/ 9697 4330/ 8475 1792/ 3331 1171. Uma base de preços é de R$ 360 o final de semana para seis pessoas com piscina, churrasqueira, acesso a cachoeiras, casa mobiliada, tv, etc. Bem melhor do que os R$ 600 que se cobra na Taman Baru pelo final de semana ou na Pousada das Cavalhadas, bem central, mais barata, a R$ 95 a diária para duas pessoas, mas na maior simplicidade. Fica na Praça da Matriz, 01, tel. (62) 3331 1261/ 9103 6824. Sem o mesmo charme, mas com um clima muito legal indiscutivelmente. Só faltou como chegar de Brasília ate lá:de carro. A R$ 245 o final de semana, numa locadora local, a Stillo, que nem site tem. Funcionou muito bem e estimulamos, assim, o pequeno empreendedor. Tels. (61) 3326 3881/ 8402 6005. Boa Viagem e atenção aos grandes eventos da cidade! O próximo é o maior, a Festa do Divino, em maio.

Poste aqui dicas de viagens: telefones, textos, dicas de hotéis, restaurantes, etc. Comente este post de Goiás se você já esteve lá. E ligue para 4003 7001 com muita paciência porque a Central Smiles está fora do ar direto. Pelo site www.smiles.com.br tampouco consigo falar via chat. Já liguei para 0800 887 0000 e fiz a reclamação porque uma empresa que lança uma promoção tem que organizar a infraestrutura. Liguei tarde da noite, bem cedinho e nada. Que coisa irritante!

Crítica de gastronomia de O Globo prova a geléia de chuchu do Vale Encantado

A Luciana Froes, crítica de Gastronomia de O Globo, foi parar no Vale Encantado. Veja o que ela falou sobre a geléia de chuchu da Rosineida Pereira Machado em
http://oglobo.globo.com/blogs/lucianafroes/post.asp?t=o-chuchu-do-abaquar&cod_Post=172623&a=52
O Vale Encantado é um projeto que criamos para educação, geração de renda, inclusão social e preservação ambiental. No domingo estive lá no churrasco de despedida da Celine, que volta para a França, depois de três meses de trabalho voluntário por aqui. Agende uma visita com Otávio Barros no telefone (21) 9809 0388. Assim estará fazendo sua parte pela conservação da maior floresta urbana do mundo.

São Paulo entra em campo vestindo a Hora do Planeta

Ainda dá tempo de participar da Hora do Planeta, campanha que WWF-Brasil participa pela primeira vez. Acabo de ter a informação de que o São Paulo vai entrar em campo amanhã manifestando seu apoio à preocupação com o aquecimento global. Ainda não sabem se será uma camisa ou uma tarja no braço. É um ato simbólico, que será realizado amanhã, dia 28 de março, às 20h30, no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a apagar as luzes para demonstrar atitude em relação ao tema. Sou membro da Rede Brasileira de Jornalistas Ambientais e falo uma coisa: o ano de 2009 é crucial para o futuro do planeta porque os países precisam assinar um acordo internacional com medidas para combater o aquecimento global. No Brasil, o desmatamento das nossas florestas é responsável por 75% das emissões de CO2, o principal causador do aquecimento global. No final de semana que vem estarei em Pirenópolis, Goiás, avaliando como está o nosso Cerrado, gastando a promoção de duas mil milhas da Gol. Informe aqui se você vai participar e quem você incentivou a aderir ao movimento.

Google AdWords ganha corpo...

... Veja o case que acabei de encontrar. Com o lançamento da Coca-Cola Zero no Brasil, o grande desafio era atrair o público jovem. A campanha incluiu o Google AdWords e um canal no YouTube para a divulgação. Os anúncios tiveram 42 milhões de impressões, geraram 365 mil visitas ao vídeo, representando 65% do tráfego. Incrível a internet. Quem diria que às 23h de sábado estaria aqui fazendo esta viagem. Compartilhe aqui o que tem achado de interessante pela web.

Dicas de 2000 km no Chile

Legal esta era do blog porque desde que saí de jornal, voltava e oferecia matérias para os veículos. Já publiquei capa na Revista Viagem, da Abril, sobre a Austrália, curiosidades sobre Whistler, no Canadá, na Revista Domingo, página dupla sobre a Chapada dos Veadeiros no Globo, histórias de Cancun em O Estado do Paraná, e várias outras. Amigos sempre pedem dicas uns para os outros e elas se perdem. Agora, com o advento da internet, tudo fica mais fácil...

Estou bastante impressionada com o Chile
. No avião de ida, um estudante de odontologia, Pablo, que nasceu e mora na Suécia, filho de pais exilados políticos, já nos dava dicas imperdíveis. Em Santiago, eram elas o Cerro Santa Lúcia, onde há um teleférico, o Zoológico e a Virgem, uma estátua grande. Ela está para os moradores da capital assim como o Cristo Redentor para os cariocas. Na Ilha Negra, recomendou ir à casa do escritor vencedor do Prêmio Nobel, Pablo Neruda. Antofagasta é imperdível, segundo o jovem. Lá há os gêisers, nascentes termais que entram em erupção periodicamente, e filmaram “Quantum of Solace”, o último filme de James Bond, então dá para imaginar a beleza ímpar ou navegar pelo Google Imagens...Em La Portada fica uma espécie de arco do triunfo natural...Copiapa, Vale Del Elqui, Salto Del Lasa, Laguna San Raphael, Fuente Niebla, Lago Caburga, Palácio na Quinta Vergara. Dicas preciosas mas, viajantes indo ao sabor do vento por apenas 10 dias, descobrimos tantas outras maravilhas inesquecíveis nos 2.000 km rodados a bordo de um Toyota Yaris, um carro Sedan perfeito para as autopistas, entre a quinta e a 14ª. regiões. O Chile tem extensão de 4.200 km.

Conseguimos seguir várias recomendações do Pablo: explorar Valparaíso, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2003 devido à sua importância na primeira fase da globalização no final do século XIX. Subir pelo ascensor igual ao de Lisboa e caminhar como em Parati, chegar a Viña Del Mar em pleno torneio da ATP, comer empanadas, almoçar Centoya, um caranguejo bem grande, típico do Pacífico, no Mercado Central... Mas enquanto o Pablo anotava os lugares que guarda na saudade distante no coração de Estocolmo, matei as minhas de sobrevoar a suntuosa Cordilheira dos Andes, que nunca saiu de minha memória desde a viagem para Vale Nevado, em 94. É realmente de chorar.

Chegando do aeroporto ao Centro de Santiago já percebemos que a cidade que abriga 6,5milhões de pessoas não é simplesmente mais uma capital da América Latina. No primeiro dia vimos uma campanha comunicando que ruas limpas são iguais a turismo e que isso representa emprego. Outra que nos chamou atenção foi pelo Rio Mapocho limpo, por uma melhor qualidade de vida. E onde estão os carros que, estacionados, afunilam as ruas Brasil afora? Debaixo da terra. Em Santiago, há muitos estacionamentos subterrâneos. Estas foram nossas primeiras impressões, logo na chegada.

No sábado, aproveitamos o dia de folga de um amigo, o Carlos, um engenheiro apaixonado pelo Brasil, que no levou a um restaurante em Cocón, depois de Viña Del Mar. É uma espécie de Barra de Guaratiba nossa com restaurantes simples e bem típicos. No domingo, ele nos conduziu com seus encantadores pais a um passeio pelo Cajon Del Maipo, na cordilheira, um caminho cheio de contornos e curvas. A uma hora e meia de Santiago, encontramos o restaurante debruçado sobre aquele paredão natural irrigado por um rio com fortes corredeiras por onde os nativos se entregam a um rafting. Depois destas experiências de um final de semana fazendo o que chilenos mais apreciam, voltamos à vida de turista.

Na segunda, achamos que a melhor coisa era pegar aquele ônibus vermelho de dois andares, em que se pode subir e descer o dia inteiro pelo mesmo preço. Esta é uma informação para os que já viajaram alguns países porque por aqui nunca vi. Santiago não tem a quantidade de monumentos, museus e prédios históricos que Londres nem a exuberância da natureza de Sidney, que você tem vontade de descer em cada parada do ônibus, mas recomendo para fazer o reconhecimento da área. Custa 18 mil pesos (U$ 60). Quando estiver pelo Centro, pergunte onde há um Café com Pernas. Lá, mulheres com saias minúsculas servem os melhores cortados (café com leite por 800 pesos ou R$ 2,5) ou expressos puros em um ambiente sem mesas, só balcões. Super típicos. É uma espécie de botequim deles. É muito engraçado porque só homens entram para apreciar os coxões. Parecem cachorros com olhar fixo para os galetos que giram nas padarias brasileiras.

Este programa do ônibus tem um preço turístico internacional mas normalmente os passeios pelo Chile estão com valores bem atrativos para os brasileiros. Um tanque custa R$ 50 reais para encher. Agora, ao alugar, pergunte se tem ar condicionado porque os mais simples não vêm com este acessório fundamental no mês de fevereiro seco e quente, principalmente em Santiago. Para dar outra noção de valores, por este carro médio lhe cobram o mesmo que um pequeno por aqui ou na Europa, uns U$ 60/ dia, incluindo o pedágio urbano que existe lá, ou seja, bastante razoável. Cuidado apenas porque em alguns momentos eles demonstram que são “cucarachos” como nós e o carro alugado no hotel, na Locadora Just Rent a Car, só porque é dos mesmos proprietários, custou quase o dobro do que pegamos para viajar com o outro bem superior na Good Rent a Car. Recomendamos esta locadora, mas vale sempre pesquisar antes também as multinacionais de tradição.

Mas este lado sul-americano esperto convive com a porção gente boa dos latinos e neste ônibus turístico vai uma menina de assento em assento explicando os monumentos com toda paciência do mundo. Deram até uma paradinha estratégica para eu usar um banheiro público. Aliás, há vários deles por lá a 300 pesos, ou seja, R$ 0,50. E muito bons. É dia de Santiago, de curtir os bairros Bellavista e Providência, seus charmosos cafés e restaurantes.

Saindo da cidade e pegando a estrada, leve óculos com boas lentes UV. Neste sentido e em mais um me senti na Austrália. Como 40% da população moram na capital, sobram nove milhões de habitantes para todo o país, um pouco mais que a cidade do Rio de Janeiro, ou seja, pouco. Não vemos tanta gente pelas estradas ou pelas ruas. E lá também a claridade faz doer os olhos a ponto de mal conseguirmos apreciar as vacas Hereford sem óculos. O Zebu daqui ainda começa a chegar por lá. Por estas rodovias rurais e pela principal, mantenha o tanque sempre cheio porque as distâncias entre os postos são enormes.

Chegando ao sul, prefira dormir em Porto Varas do que em Porto Monte após visitar o mercado de artesanato de Angelmo, com uma variada gama de produtos de cobre, lã e lapislazuli, pedra azul semipreciosa extraída somente no Chile e no Afeganistão. Trata-se de uma das mais belas cidades da região dos lagos, fincada nas orelhas do Lago Llanquihue, conhecida também como “Cidade das Rosas”, onde as tradições alemãs se misturam com as chilenas, com destaque para a arquitetura de madeira. Pelas andanças nesta e nas outras regiões encontramos sempre carabineros (policiais) educados. Em Valdívia, a 840 km de Santiago, na Região dos Rios, eles nos explicaram que a prefeitura só cobra estacionamento em algumas horas do dia: para ajudar a gerar receita. Disseram que o propósito não é multar. Quanta coisa boa o Brasil tem que aprender!

Conversar com as pessoas comuns é uma das melhores formas de realmente conhecer um país. Um engenheiro agrônomo que tem uma empresa de aluguel de barcos para desfrutar a área silvestre com 754 hectares, hoje mantida pela Arauco, indústria de celulose, em Valdívia. Morador da cidade que foi destruída pelo terremoto de 1960, ele confirmou a informação dada anteriormente de que a presidente socialista Michelle Bachelet ganha U$ 100 mil/ mês. É muito comparado ao salário do Lula mas, em compensação, ela paga tudo do bolso dela: restaurantes, ida do cachorro ao veterinário, etc. Ela tem férias e vida normal, como a de um presidente de uma grande empresa. Muito certo isso.

Pucon, com a companhia dos atenciosos Guillermo e Nicole, que conhecemos em Villarica, foi uma das noites mais engraçadas da viagem. A cidadezinha é uma espécie de Búzios ou Campos do Jordão deles, cheia de lojinhas, cada uma mais linda que a outra, e restaurantes diversos, mas atenção aos horários porque não se pede nem vinho depois da meia noite. Só no Cassino ou em boites. No inverno disseram que oferece boas pistas para principiantes em esqui, diferentes das de Portillo com as melhores inclinações do país e das de Vale Nevado, consideradas mais populares. Vimos o Osorno, onde também se esquia e o Vulcão Villarica, entre outros, estivemos em Termas de Chillan, Vale Del Maulle, Frutillar, na Região dos Lagos, e sua colonização alemã realizada no século XIX, mas teremos que voltar para ver Chiloé, Ilha de Páscoa, os Glaciares, Torres Del Paine, o Atacama, o Vale dos Vinhedos e muito mais. O país já deixa saudades. Deixe aqui suas dicas sobre o Chile para a posteridade!

Algumas dicas:

Hotel Santiago Suítes com vista 180º. Parece que estamos em Nova York. Pertinho do Palácio da Moeda, onde trabalha a Presidente Michelle Bachelet. Recomendamos um quarto nos andares mais altos na coluna 08. Negocie preço. Assim que chegamos pagamos U$ 70 e na volta da viagem pelo interior, U$ 60. www.rq.cl- Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Tel. (56-2) 795 3000;

Hotel Diego de Almagro, Valdívia, de frente para o rio, que faz parte de um cenário fluvial com mais de 280 km de águas navegáveis. 41 mil pesos ou U$ 70.(www.diegodealmagrohoteles.cl);

Hotel Salzburg, Frutillar- Vista deslumbrante. Hotel com piscinas térmicas cobertas. www.salzburg.cl- 48 mil pesos (U$80);

Hotel Huincahue, Pucon
- Hotel boutique no centro de Pucon. Toma-se banho com vista para o Vulcão Villarica e pode-se ir à pé para o cassino. (U$ 130). www.hotelhuincahue.com- Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Tel. 56-45443540;

Cabanas, casas, aparthotéis, etc... para alugar em Pucon. No inverno é 10% mais barato. Ana Maria Ormazabal- Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O site está em construção. Telefone. (045) 443181/ cel. 9 647 1822 .

Restaurante Giratório- Rua 11 de setembro, 2250- Providência, Santiago- 56-02- 2321827;

Restaurante Como Água para Chocolate- Dica da minha tia, que adorei, e passo para frente. 33 mil pesos para duas pessoas (U$ 50)- www.comoaguaparachocolate.cl, na Rua da Constituição 88, Belavista/ Providência, Santiago. Tel.777874;

Restaurante Liguria- ostenta pelas paredes a história do Chile. É muito típico. Av. Providência, 1373. www.liguria.cl. Tel 56-02- 235 7914.

Restaurante Agridulce- www.agridulcevaldivia.cl, na beira do rio, serve os melhores pratos de caça de Valdívia;

Restaurante Corral Victoria, onde o proprietário faz um belo vinho Carmenere em pequenas produções no meio de um rancho em que cria cavalo chileno e serve comida típica. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Tel.(71)622069.

Restaurante La Marmita
- Rua Fresia, 300 A. Bom fondue a 23 mil pesos para duas pessoas (U$ 60).

Coma:
Empanadas;
Pastel de choclo- parece um escondidinho só que feito com milho;
Centoya- carangueijo gigante ou king crab;
Sopaipillas- tipo um pastel só que igual à massa de pão. Delicioso.

Beba: pisco, vinho e água Beneditino.

Agência Cocha, uma espécie de CVC deles, tem muitas agências por Santiago. Se o viajante tiver interesse em ir para os Glaciares ou para a Ilha de Páscoa, por exemplo, recomendamos reservar com uma certa antecedência. Chegando lá, a não ser que o viajante tenha um mês de viagem, não há tempo nem é mais barato.

Turismo Andino- operadora desde 1913, que faz passeios para ver pingüins, pelos lagos, para os glaciares e vários outros pontos do sul como o Parque Nacional Vicente Pérez Rosales, o mais antigo do país, criado em 1926. É boa operadora mas pergunte qual é a previsão do tempo porque em Porto Monte chove 220 dias por ano. Pagamos 30 mil pesos para ir a Peulla, uma pequena vila ecológica com 120 habitantes, num catamarã enquanto se tivéssemos chegado sem a agência teríamos gasto 22 mil pesos, sem transporte até o mini- porto de Petrohue. Otimizamos tempo. www.andinadelsud.com. Tel. (56 65) 437114. Vale a pena.

Good Rent a Car
- www.goodrentacar.cl. Tel. 02- 635 5311.

Câmbio. Troque dinheiro no Banco Nosso Estado: oferece taxas 3% melhores que a casa de câmbio do aeroporto e o BBVA, Banco do Chile e outros só fazem esta operação para correntistas. Não parece muito, mas 3% em dólar é bastante coisa...

Telefone
- Se você não precisar estar conectado com o celular, o jeito mais barato de ligar é através das cabines públicas. Não há cartões econômicos como na Europa e Estados Unidos.

Gorgeta- é opcional, mas 10% são bem-vindos.

 

     

 

Carta ao Prefeito Eduardo Paes: há solução para o caos no trânsito

Voltei de férias deliciosas e estou para escrever sobre os 2000 km que rodei no Chile, mas ainda não consegui tempo para me concentrar. Trabalho no final de semana- durante a semana nem se fala-, família, aniversários, muitas atividades...Mas, como tenho intenção de participar de projetos transformadores que melhorem a sociedade, compartilho aqui como imagino que os carabineros, a polícia de Santiago, solucionaria o problema de um acidente na principal via de acesso da zona norte à zona sul. Acho que já teriam um plano de gerenciamento de crises, ou seja, já imaginariam que, se o problema ocorreu uma vez, certamente acontecerá a segunda. Ou melhor, mesmo que nunca tivesse havido um acidente no local, imaginariam que este não é um fato impensável e, muito provavelmente, teriam planejado quantos homens estariam em que pontos, quem comandaria a operação, que mãos precisariam ser invertidas, que reforços poderiam ser solicitados de que órgãos se não há gente suficiente. Estou encantada com a organização do Chile. Depois registro aqui dicas de locais, hotéis, restaurantes, locadora de carro, etc. Que sugestões você tem para a Prefeitura do Rio com relação ao tema caos no trânsito em dias de acidentes?

Brasileiros comemoram vitória de Obama

Emocionante e não fui só eu quem derramou lágrimas. O mundo inteiro deposita suas esperanças e não só os americanos. Ontem à noite saí com uns amigos que trabalharam comigo no WPC (World Petroleum Congress) e olha só na foto como chegou a Relações Públicas da Statoil, Leila Carrilho. Vestiu logo a cadeira onde sentou com material de propaganda do Obama e ainda distribuiu adesivos que ganhou da campanha, para a qual contribuiu via internet. Um deles já está estampado no meu bloquinho para eu lembrar todos os dias que um homem quatro anos mais velho que eu entra para a eternidade de maneira ímpar. Que Deus o abençoe. Comente aqui o que considera importante sobre a cobertura da posse presidencial nos Estados Unidos, como você vê Obama e o que mais achar interessante sobre estes novos tempos de tolerância, coragem e patriotismo.

Nosso presidente afirma que não lê jornais, mas a gente lê

Neste final de semana fui para o Vale das Videiras, depois de Araras, com uma amiga formada em Letras e não nos entendíamos sobre as novas regras ortográficas. Mesmo lendo os jornais diariamente, pouco percebemos as mudanças. Deveremos ter aqui na empresa um curso para facilitar a memorização. Enquanto isso, seguem algumas dicas... http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u442349.shtml. Nosso presidente afirma que não lê jornais, mas a gente lê.

Ganhe dinheiro com seu blog

Conheci num delicioso almoço de aniversário ontem um garoto que acaba de fazer dinheiro com seu blog. Ele queria trabalhar na Tecnopop, uma das mais respeitadas agências de design do mercado. Ao invés de montar um curriculum, em um mês criou um blog e pediu para um de seus sócios dar uma opinião. Resultado: foi logo convidado para almoçar e começa já neste início de ano a trabalhar lá. Veja http://designdemercado.blogspot.com e comente outros casos de gente que conseguiu ganhar dinheiro via blog. Espero que minhas palavras estejam em acordo com a nova ortografia.

Feliz 2009!

Como disse Carlos Drummond de Andrade, quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias de 12 meses, foi um cara genial. Industrializou a esperança. Entra agora o milagre da renovação e da vontade de acreditar que tudo agora vai ser diferente.... Este foi meu email para amigos e suas famílias neste Natal e em 2009: tenham atitudes positivas! E você, o que desejou para seus amigos?

Mais Artigos...

  • Mensuração de resultados em Marketing: Esplendores do Vaticano, O Mágico de Oz, Tudo por Um Por Star, Kirov, O Rei Leão, Débora Colker, Barbaridade e vários outros.
  • Mais de 130 juízes eleitorais treinados.
  • Seis livros escritos para clientes.
  • A Árvore de Natal da Bradesco Seguros, a maior árvore de Natal flutuante do mundo, passa a ser notícia no mundo.
  • Cristo redentor é eleito uma maravilha do mundo moderno com 800 mil votos, o terceiro mais votado.